Após acidentes e até mortes, Rússia lança “Cartilha da selfie segura”

O governo russo lançou nesta semana uma campanha para prevenir acidentes causados por selfies. Entitulada de “Safe Selfie”, a iniciativa foi divulgada após uma centena de pessoas ter se acidentado e mais de 10 delas terem falecido por conta dos autorretratos.”Infelizmente temos observado que o número de acidentes causados ​​pelos amantes da auto-fotografia é cada vez maior”, explica Yelena Alexeyeva, assessora do ministro do interior.

Um panfleto distribuído pelo ministério do interior dá orientações para a tirar selfies mais seguras.”Uma boa selfie pode lhe custar a vida”, explica o documento. Há dois meses, uma jovem de 21 anos acidentalmente atirou em si mesma ao tentar se fotografar segurando uma pistola. Apesar dos ferimentos na cabeça, ela sobreviveu. Antes, adolescentes foram eletrocutados ao tentar tirar fotos em um trem.

Reprodução

O ministério também criou um vídeo de segurança pública que traz imagens de jovens que se penduram nos telhados russos para tirar retratos. “Antes de tirar uma selfie, todos devem pensar sobre o fato de que a corrida por likes pode levar a uma viagem até a morte. Sua última foto tirada pode vir a ser uma foto póstuma,” adverte a assessora Alexeyeva.

Reprodução

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *